O que te faz pular da cama?

23 01 2012

Nas férias levantamos rápido para ir à praia, passear, praticar esportes. É muito fácil pular da cama. Agora, quando voltamos ao dia-a-dia as coisas ficam diferente.

Reveja este post anterior “O que te faz levantar pela manhã“. Pense a respeito da motivação que faz você “pular da cama”.

Marlus M. Marconcin – Coach de Saúde
All rights reserved ©





Que tal fazer algo diferente?

16 01 2012

Muitas pessoas começam e terminam o ano, sempre do mesmo jeito, com os mesmos problemas no ano que termina e os mesmos propósitos para o ano que começa. A história de sua vida se repete e acaba não saindo do lugar. O que fazer?

Neste post anterior “Passear pelas estantes” pode te dar uma nova luz.

Marlus M. Marconcin
Coach de saúde





Dicas úteis para quem está com uma doença ou uma dor crônica.

13 12 2011

Quando alguém está com uma condição crônica, seja uma doença ou algum tipo de dor, ela é invadida por uma sensação de impotência, principalmente quando os recursos da medicina se esgotaram. Acredito que uma atitude positiva é um fator determinante para a melhora e, até mesmo, a cura de qualquer enfermidade.  Aqui estão algumas dicas que poderão auxiliar a qualquer pessoa com esse tipo de problema.

1. Sua condição física não define quem você é.

O “Diabético”, “Cardiopata”, “Asmático”, muitos incorporam as doenças à sua identidade. Ninguém é uma doença. Um ser humano é muito mais do que as coisas que ele pode ou não pode fazer. Nós somos muito mais que a nossa capacidade de dar e receber amor. Somos mais que nossos interesses ou paixões. Nós  também somos mais que nossos papéis sociais ou nossa conta bancária. Milton Ericson disse o seguinte: Não importa o que você pensa que é, você sempre é muito, mas muito mais do que isso.

2. Qualquer condição crônica pode melhorar e piorar.

Quando estamos vivendo um dia bom, dificilmente conseguimos imaginar como que era estar tão doente. Infelizmente, esta regra tende a funcionar em sentido inverso, também, quando estamos num dia ruim, não conseguimos imaginar como seria estar bem. Faça um favor para você mesmo. Quando estiver num bom dia, escreva uma carta para você mesmo no futuro, aquele que estará vivendo um dia ruim. Descreva com riqueza de detalhes o que é viver um bom dia e como você se sente bem.  Relembre você mesmo que dias bons, ou pelo menos dias não tão ruins, existem e podem acontecer novamente. Imprima esta carta e coloque em algum lugar onde você pode facilmente encontrá-la, não importa quão doente ou estressado você pode sentir.

3. Acredite que não há nada no mundo que é universalmente bom ou ruim.

Mesmo a melhor coisa no mundo pode ter um ou dois aspectos negativos. E até mesmo a mais terrível tragédia que se possa imaginar pode conter algo muito bom dentro dela. Quantas coisas boas saíram de seus desafios? Eu garanto que você vai encontrar mais de uma coisa boa de uma situação ruim.

4. Ouça e honre a sabedoria do seu corpo.

Nosso corpo sabe do que você somos capazes de fazer. Nosso cérebro é inteligente o suficiente para nos proteger principalmente de nós mesmos. De vez em quando, pare por alguns instantes, fique quieto e ouça atentamente o que seu corpo e sua mente tem a lhe dizer. Confie em sua intuição.

5. Mudar seu foco.

Se as coisas parecem assustadores e ou esmagadora, mude o seu foco, pense diferente, faça algo diferente. Num dia ruim, é fácil colocar a nossa mente numa espiral de cenários hipotéticos e previsões catastróficas. Você pode se concentrar no que está dando certo em cada momento, perceba a suavidade das folhas, o calor do sol através da janela, o bem estar que vem de respirar calmamente e tomar fôlego-lo. Congele-se neste momento no tempo.

Estas são algumas estratégias de comportamento muito simples e eficientes. Experimente e veja se dá certo.





Uma lição de vida diante da morte

9 10 2011

Nem sempre as grandes mudanças foram frutos do aprendizado vindo de inúmeros títulos acadêmicos. O sucesso na vida é fruto colhido com o aprendizado obtido após inúmeros fracassos, fracassos que fazem a gente “Pensar Diferente”.

Essa é a lição de vida que Steve Jobs compartilhou num discurso de colação de Grau em Stanford, 2005

“A única coisa que te faz seguir adiante é amar o que você faz. Você tem que encontrar aquilo que você ama. O único jeito de ficar verdadeiramente satisfeito é fazer o que você acredita ser um excelente trabalho e um excelente trabalho só nasce do amor pelo que você faz.

Seu tempo é limitado então não desperdice-o vivendo a vida dos outros.

Não deixe o barulho de vozes alheias silenciarem a sua voz interior. E o mais importante: tenha coragem de seguir seu coração e intuição, de alguma maneira, eles já sabem o que você quer se tornar. Todo o resto é secundário.” Steve Jobs






O que te faz levantar pela manhã?

15 09 2011

Você lembra qual foi a frase, o pensamento que você teve pela manhã que fez com que levantasse da cama e fez com que o teu dia pudesse começar? Muitas vezes é esse pensamento que determina como será nosso dia. É esse pensamento que nos motiva a viver aquele dia.

Gostaria de deixar aqui uma sugestão de alguém que foi um exemplo em fazer valer cada dia de sua vida.

“Deixo que o primeiro ato de cada manhã resolva os problemas do meu dia:

Eu não devo temer a ninguém neste mundo.

  • Temerei somente a Deus.
  • Não serei intolerante com ninguém
  • Não irei me submeter à injustiça de ninguém.
  • Vou conquistar a mentira com a verdade.
  • E ao resistir à mentira, me coloco acima de todo sofrimento.”

Mahatma Gandhi

Que mudanças significativas estas palavras poderiam fazer se estivessem em seus pensamentos pela manhã?

Marlus M. Marconcin – Coach de Saúde
All rights reserved ©





A Saúde na Visão de um Coach – Conversa na Íntegra

6 09 2011

 

Graças a tecnologia o conhecimento médico atual chegou a um patamar elevadíssimo. Os métodos diagnósticos e terapêuticos possibilitam o controle de diversas doenças. Por que então a qualidade de vida e de saúde das pessoas não está melhorando? Por que a população está cada vez mais obesa, sedentária? Como que, com todo o conhecimento atual, o alcoolismo, uso de drogas e cigarro continuam crescendo de maneira absurda?

O custo alto da assistência médica e a qualidade inferior dos serviços públicos levam às pessoas a buscarem outras opções terapêuticas pouco confiáveis.

A despersonalização do atendimento médico resulta na falta de motivação em aderir aos tratamentos propostos.

Existe solução para esses problemas?

Venha participar desta Conversa na Íntegra e descobrir que você pode fazer muito mais por você mesmo.

Se você não consegue encontrar as respostas certas para seus problemas de saúde experimente mudar as perguntas.

Palestra – A Saúde na Visão de um Coach

Com Marlus M. Marconcin, Médico, Pediatra, formado pela Universidade Federal do Paraná, Master Pratictioner em Programação Neurolinguística e Terapia da Linha do Tempo, Coach de Saúde, Coach de Vida e Palestrante Motivacional.

Local:

Clínica Íntegra

Isaías Bevilaqua, 878, Mercês
Curitiba, Brasil

Dias 19 e 20 de setembro, 20 hs

Informações e incrições com Isis – 041- 33366406

As vagas são limitadas.

 

 





Um pouco da minha história – “Conversa com SuKardosh”

29 08 2011

Nesta entrevista você pode conhecer um pouco da minha história como Coach de Saúde e como isso modificou positivamente a minha vida.

É uma prévia da Palestra – “A Saúde na Visão de um Coach” – que será realizada em setembro de 2011.