Uma vida de sucesso – só depende de você!

8 05 2009

Para se sobressair profissionalmente, num momento em que o mercado tornou-se altamente exigente, sempre em mudança, as ações para o desenvolvimento profissional não se limitam a exigir melhores competências técnicas (habilidades profissionais; competências administrativas e empresariais, etc.), é importante também a atenção a auto-gestão e manutenção das competências interpessoais. Um estudo realizado pela Fundação Dale Carnegie revelou que 15% do nosso sucesso é devido às nossas habilidades técnicas e cerca de 85% é devido à nossa capacidade de liderança e trabalho com as pessoas e um autocontrole efetivo.

Nossas competências técnicas certamente necessitam contínua evolução, no entanto, elas não são, necessariamente, “os elementos” que vão melhorar ou destruir a nossa carreira. Em outras palavras, o nosso intelecto, ou o QI, não é mais a norma para o sucesso. Um estudo em Harvard em 1940 observou 95 alunos, que foram acompanhados até a meia idade, demonstrou que aqueles com maior pontuação de QI, não tinham uma maior satisfação na vida, não eram os mais felizes com a família e os amigos, ou o não tinham maior sucesso na sua carreira.. Agora compreendemos que a Inteligência Emocional, ou EQ, foi considerado o melhor critério para medir o sucesso na vida profissional e pessoal.

Então, o que caracteriza o sucesso profissional? As seis dicas seguintes vão ajudá-lo a tornar-se mais eficaz, independentemente a posição ou profissão que você tiver.

1. Ter paixão por aquilo que você faz

Sua verdadeira paixão é aquela coisa especial que você sabe executar instintivamente, ela produz um intenso desejo interior que faz você se sentir surpreendentemente vivo. Esta energia e entusiasmo produzem um efeito enorme sobre as pessoas à nossa volta e na eficiência do nosso trabalho. Pessoas que se sentem apaixonadas pelo que fazem criam maiores mudanças e progressos do que as pessoas que realizam seu trabalho apenas para receber um salário.

“Nada de grande no mundo já foi realizado sem paixão. Christian Friedrich Hebbel

2. Controlar o estresse

O estresse não pode ser eliminado da vida, sempre estará presente. Parte do estresse é induzido por padrões pessoais de pensamento e comportamentos; outros tipos de estresse são de origem externa e quanto a isso pouco podemos fazer. O controle do estresse está em desenvolver o conhecimento das circunstâncias internas e externas e escolher responder a cada uma de forma assertiva, em vez de apenas ter uma reação reflexa. O importante é colocar-se no lado causa da relação causa/efeito e assumir as rédeas da sua vida.

“A vida é uma pedra de amolar. Mas se ela nos reduz ao pó ou nos afia, isso depende de nós.”- Thomas L. Holdcroft

3. Tornar-se um líder eficaz

Na vida, não importa a posição que ocupamos, temos sempre a escolha para sermos líderes ou sermos seguidores. Às vezes é bom ser o líder, às vezes é bom ser um seguidor. Mesmo que muitos de nós não tenhamos formação em liderança, é importante compreender o que significa ser um líder, assim como a melhor forma de orientar os outros a serem líderes. Apoiar o desenvolvimento de líderes eficazes é a chave para o sucesso. O futuro de uma organização, da qualidade serviços e cuidados prestados aos clientes dependem da eficácia da liderança.

“Você deve ser a mudança que você deseja ver no mundo”- Mahatma Ghandi

4. Buscar um Comunicação efetiva e eficiente

A busca do sucesso pessoal é um assunto de “relacionamento e pessoas”; e depende muito de uma comunicação eficaz. Quando o processo está cheio de erros e as mensagens são mal interpretadas, a comunicação nos desgasta e causa confusão, criando barreiras. A comunicação só tem poder se encontrarmos uma solução e avançarmos. O cuidado da saúde é baseado no respeito humano: a comunicação é a seu alicerce. Tenha sempre em mente o seguinte quando nos comunicamos não importa o que falamos mas sim o que o outro entende.

“A comunicação conduz à participação, compreensão e valorização mútua.” Rollo May

5. Desenvolver os relacionamentos

Para que os relacionamentos tenham êxito, é importante desenvolver o respeito e a confiança mútua. Um relacionamento se fortalece quando bons comportamentos são modelados, quando existe uma troca de informações e experiências, quando, numa relação profissional, os resultados são monitorados e os bons comportamentos são recompensados. Ao premiar o êxito, desenvolvemos os indivíduos que focam a melhora do seu desempenho.

“As pessoas irão ultrapassar as metas que elas mesmas estabeleceram para si”. Gordon Dryden

6. Investir no crescimento pessoal

A dedicação para seu crescimento pessoal é um ingrediente-chave para seu sucesso! Afinal, o seu mundo exterior, a organização, seus colegas de trabalho, e principalmente a sua família, são sempre um reflexo de seu mundo interior. Crescimento pessoal equivale a mudança. Para nos desenvolvermos, é importante sair da zona de conforto e receber de bom grado experiências novas e transformadoras. Crescimento exige render-se temporariamente a segurança: a desistir de padrões familiares porém limitadores, de maneira prudente porém audaciosa, desistir de valores que você já não acredita, ou relacionamentos que perderam seu significado. Deixe-os ir, talvez uma doce recompensa está a espera de você criar o espaço para ela em sua vida.

“Conhecer a si mesmo significa que você se familiariza com o que sabe e que o que você pode fazer.” Menander

Marlus M. Marconcin – Coach de Saúde
All rights reserved ©

Anúncios