Planos de Saúde – o que fazer antes de contratar um

18 04 2011

Existem uma série de detalhes a serem considerados quando está se escolhendo um plano ou seguro de saúde, quer seja um oferecido pelo seu empregador ou se você está comprando individualmente.

A seguir daremos algumas dicas importantes a serem observadas. Defina as suas necessidades: O que você quer de um plano de saúde? Que tipo de atendimento você necessita? Qual a cobertura? Procure a companhia de Seguro ou empresa de plano de saúde somente após você definir o que você quer. Os discursos de venda são tentadores e muitas vezes enganosos. O vendedor sempre vai te oferecer o melhor, não importa se é verdade ou não.

Considere o seguinte:

  1. O seu médico de confiança é credenciado? Alguns planos de saúde oferecem o atendimento de médicos somente de sua rede própria, outros planos são mais flexíveis. Se você já tem um médico, e está comprando o seu próprio seguro, verifique se o seu médico de confiança é credenciado. Se você tiver de escolher um novo médico, verifique as credenciais dos médicos do novo plano de saúde, entre em contato com a Associação Médica ou o Conselho Regional de Medicina.
  2. Quanto o médico que vai lhe atender receberá pela consulta? Verifique e faça os calculos se esse valor o profissional terá condições de manter seu consultório, manter sua atualização profissional, é um valor que ele poderá atendê-lo num tempo suficiente para pagar os custos do atendimento? Esse quesito é muito importante, a grande maioria dos planos de saúde que tem um valor baixo para o usuários pagam mau e com atraso seus médicos credenciados. Lembre-se que o médico também é cliente do plano de saúde como você, quando o plano lesa o médico também está lesando você pois o valor que você paga mensalmente é para pagar aqueles que te atendem.
  3. Qual é a localização dos consultórios, hospitais, laboratórios e outros serviços? Estes são fatores importantíssimos  a se considerar. É de fácil acesso, tem estacionamento, quanto tempo você irá gastar para chegar até lá?
  4. Quais são as especialidades disponíveis? Todos os planos de saúde são obrigados a reembolsar o valor da consulta para todas as especialidades credenciadadas no Conselho Regional de Medicina. Verifique qual o valor reembolsável. Qual a disponibilidade de horário para o plano dos especialistas credenciados. Alguns planos exigem que você procure um médico generalista antes de encaminhar ao especialista, enquanto outros permitem que você faça consultas especializadas diretamente. O que é mais adequado para você?
  5. Lembre-se de verificar a legislação de “doenças pré-existentes” – Na hora da venda do plano a promessa é de cobertura total, estude o contrato e veja se está de acordo com a legislação. Faça uma pesquisa para ter certeza que você sabe o que seu seguro ou plano de saúde cobre.
  6. Quais são os exames disponíveis, o plano cobre exames regulares de rotina? Parece uma coisa óbvia, mas se você necessitar de um controle periódico de alguma patologia você deve se assegurar que este controle com todos os exames necessários para a sua segurança são cobertos. Alguns planos de saúde cobrem estes tipos de procedimentos, porém colocam um limite anual. Se você tem filhos, lembre-se de perguntar se existe programas de prevenção da saúde da criança, que exames especiais e vacinas são cobertas.
  7. Quais são os serviços adicionais? Verifique tudo, desde a cobertura de medicamentos e cuidados de saúde mental, isso é uma consideração importante. Considere quais serviços adicionais que você pode precisar e se são, na verdade, cobertos pelo planos que você está comprando. Outros exemplos desses serviços adicionais que podem ser importantes para você são de aconselhamento e tratamento de drogas e álcool, atendimento domiciliar, ou cuidados prolongados, nutrição, psicologia, hospitais psiquiátricos,  medicina complementar, quiropraxia e fisioterapia.
  8. Se você estiver viajando e necessitar de um atendimento, você terá direito a reembolso? É importante você saber mais sobre esta política de reembolso para os atendimentos “fora da rede” credenciada. Finalmente, há co-pagamento, montantes máximos e limites globais de cuidados que você precisa saber? Obtenha todos os dados.

São apenas alguns ítens que julgamos importantes. Existem outros que em outra ocasião podemos apresentar. O importante é você se colocar numa situação de escolha e não de “presa fácil” na mão de vendedores.

É uma coisa difícil olhar para a sua saúde de uma forma fria e calculista, mas é a realidade desta vida.

À medida que envelhecemos, utilizamos muito de nossa energia para pensar e planejar coisas a respeito de doença, morte e invalidez, mas ninguém precisa ser mórbido ou depressivo.

Faça o seu melhor para obter um plano de saúde que cubra as suas necessidades particulares, e lembre-se que você vale a pena. Aquela regra aurea vale, e muito, também para a saúde, “O barato sai caro”.

Marlus M. Marconcin – Coach de Saúde
All rights reserved ©

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: