Pandemia de Gripe Suína ou Influenza A – H1N1 – A prevenção é possível?

13 05 2009

O dia da caça. Charge de Paixão, no Gazeta do Povo

O mundo está em alerta frente ao risco de uma grande pandemia. No Brasil vemos notícias de reuniões nos diversos segmentos do governo para discutir e tomar as providências diante da ameaça. Todos os noticiários falam que as autoridades garantem: “O país está preparado. A doença é grave mas não do tamanho que se vendeu”. A realidade é que existe a possibilidade e o risco de uma grande pandemia, os estudiosos não podem afirmar que seja através do vírus Influenza A – H1N1 ou qualquer outro agente que possa aparecer. Não se sabe somente quando irá acontecer. Então a grande pergunta é: “É possivel prevenir a Gripe Suína?”

Como Coach de Saúde procuro orientar meus clientes a serem proativos na manutenção de nossa saúde. Repito sempre: “Não deixe um milímetro de sua vida na mão de outra pessoa.” Não podemos ficar sentados esperando as medidas milagrosas dos governantes, sabemos que nosso país tem deficiências gigantescas no setor de saúde, o nosso papel é fazer o que está ao nosso alcance e ser causa não efeito.

Alguns exemplos são importantes citar. Frequentemente lemos noticias de falta de medicamentos e médicos na rede pública, principalmente no interior. Nas capitais as condições de atendimento à população é caótica. Uma boa parte do atendimento de saúde privado também está em dificuldade. O atendimentos de emergência e UTI na rede pública e privada são extremamente deficitários, não existem vagas e disponibilidade de profissionais suficiente frente à demanda. Esse quadro observamos quando não existe uma situação de perigo real. O que irá mudar se instalar-se uma pandemia quando se diz que “Estamos preparados para uma pandemia”?
Então como podemos nos proteger?

Nos casos de grandes epidemias vividas pela humanidade no passado, é fácil identificar que as pessoas que sobreviveram faziam algo diferente da grande maioria. A grande maioria das pessoas foram acometidas pelas doenças porque os hábitos eram semelhantes, portanto a maioria estava exposta ao agente. Os que sobreviviam apresentavam hábitos simples, baratos, sem uma tecnologia avançada porém eficazes. Eles não somente estavam afastados dos focos de doenças como também tinham uma condição física melhor, ou seja um sistema imunológico mais eficiente que possibilitava uma reação eficiente.

Acreditamos que no caso a Gripe Suína ou Influenza tipo A – H1N1 é semelhante. As medidas individuais para a prevenção são as mesmas a serem tomadas para as chamadas “gripes comuns”.

  • Hábitos alimentares, exercícios físicos regulares e repouso adequado promovem uma condição imunológica eficiente.
  • Freqüentar ambientes arejados e bem ventilados, sem aglomerações de pessoas evita o contato com pessoas doentes.
  • Hábitos de vestuários adequados para a temperatura ambiente, mantém a temperatura do corpo estável mantendo também as defesas em ordem.

Se apenas estas medidas simples, baratas e acessíveis a todos, forem observadas realmente podemos ficar tranqüilos.

A minha intenção aqui neste post está longe de ser alarmista e fomentar o medo. Gostaria que cada um pudesse enxergar a realidade como ela realmente é, e fazer algo a respeito.

Se ficarmos esperando atitudes de autoridades pode ser que aconteça o que sempre aconteceu neste país. É importante que cada um assuma a responsabilidade individual de sua saúde, mesmo em tempos difíceis.

Marlus M. Marconcin – Coach de Saúde
All rights reserved ©

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: